Pular para o conteúdo
Início » MATA410 – Pedido de Venda

MATA410 – Pedido de Venda

    MATA410 – Pedido de Venda

    O pedido MATA410 do sistema Totvs Protheus é considerado peça fundamental para o faturamento da empresa, pois determina as vendas e demanda de produtos e serviços. É uma confirmação da venda e, quando há a necessidade de formalização das necessidades do cliente em relação ao que sua empresa pode lhe oferecer, é o principal instrumento de efetivação deste atendimento.

    Tipos de Pedido

    Na rotina MATA410 existem vários tipos de pedido de venda:

    • N = Normal
    • D = Devolução

    Quando ocorre devolução de mercadoria imprima uma Nota de Devolução. Assim gera-se um Pedido de venda do tipo D. Por isso a necessidade de informar o número da Nota Fiscal de origem, no campo respectivo, via tecla [F4]. O código fiscal não necessariamente deve ser respectivo às devoluções.

    • C = Complemento de preço

    Quando existe a necessidade de complementar o preço de alguma Nota Fiscal, o campo Quantidade dos produtos deve estar em branco. O tipo deve ser C. Os demais dados devem estar idênticos aos da nota fiscal original.

    • P = Complemento de IPI

    Na rotina MATA410 este tipo de nota é necessária quando a alíquota ou o valor do IPI da nota fiscal foi registrado menor do que o devido. O valor do IPI sempre será o total do pedido.

    No Livro Fiscal o valor do IPI é apresentado na coluna Tributado, independente do que for definido no TES (Tipos de Entrada e Saída).

    O procedimento de preenchimento deve ser:

    • Tipo = P;

    Código de Produto = código do produto original;

    Quantidade = 0 (zero).

    • I = Complemento de ICMS

    Este tipo de nota é necessária quando a alíquota ou o valor do ICMS da Nota Fiscal foi registrado menor do que o devido. O valor do ICMS sempre será o total da nota fiscal, independente da definição da pergunta Calcula ICM (S/N) do Cadastro de TES.

    O valor do IPI não será calculado.

    No Livro Fiscal, o valor do ICMS é apresentado na coluna de Tributado, independente do que estiver definido na pergunta Livro Fiscal ICM do Cadastro de TES.

    Não é gerada duplicata.

    O procedimento de preenchimento deve ser:

    Tipo = I;

    Código de Produto = código do produto original;

    Quantidade = 0 (zero).

    • B = Beneficiamento

    Quando enviado determinado produto para guarda/conserto/beneficiamento em terceiros, o Sistema disponibiliza um controle sobre estas quantidades. O Sistema controla a quantidade de terceiros em poder da empresa e a quantidade da empresa em poder de terceiros.

    Para efetuar o controle de poder de terceiros o Faturamento, Compras e Estoque/Custos devem estar implantados.

    Em poder de terceiros, temos dois casos básicos:

    Com movimentação do estoque

    Para poder de terceiros com movimentação de estoque, o Sistema faz uma movimentação de custos, dependendo da operação, ou seja:

    Para operações de terceiros, o custo será igual ao custo de entrada.

    Para operações em terceiros, o custo será o médio ponderado.

    Sem movimentação do estoque

    Para poder de terceiros sem movimentação de estoque, o Sistema guarda o saldo líquido do produto da empresa que esteja em poder de terceiros, mas que ainda pertence ao estoque da empresa.

    O procedimento de preenchimento deve ser: Possui um TES com Poder Terceiros = R (Remessa) ou D (Devolução de Remessa), conforme a necessidade do beneficiamento.

    Quando a opção for igual a D (Devolução), se a nota fiscal de origem não for digitada ou selecionada por meio da tecla [F4] sobre o campo Quantidade no Pedido de Venda, o Sistema exibe as Notas Fiscais de remessa que tiverem saldo a devolver, em que deve ser selecionada a nota e pressionada a tecla [Enter].

    • B = Utiliza Fornecedor

    Este tipo de nota é utilizada nas seguintes situações:

    Devolução ou Remessa no Poder de Terceiros (de acordo com o TES utilizado).

    Importante

    Para a rotina MATA410, configure o parâmetro MV_IFATDPR para informar se está ativada a Integração entre o Faturamento (SIGAFAT) e o Desenvolvimento de Produtos (SIGADPR).

    Há uma limitação de compras efetuadas por clientes não inscritos no cadastro de contribuintes do Estado de Alagoas, conforme configuração do parâmetro MV_LIMFTAL. Para liberar esses pedidos bloqueados, utilize a Liberação de Regras.

    Ponto de Entrada MATA410

    Ponto de Entrada Protheus são chamadas de Programas ADVPL colocadas em pontos estratégicos nas funções padrões do sistema Totvs Protheus e que originalmente não fazem nada. Abaixo listamos os principais pontos de entrada da rotina MATA410 – Pedido de Venda do Módulo Faturamento.

    • MT410BRW – Antes da chamada da função de Browse.
    • M410ALOK – Antes da Alteração do Pedido de Venda.
    • M410GET – Antes de montar a tela de Alteração de Pedidos
    • M410STTS – Após a Gravação dos dados do Pedido de Venda
    • M410ABN – Ao abandonar a digitação do Pedido de Venda
    • M410ABN – Na exclusão de um Pedido de Venda
    • MT410CPY – Na Rotina que ajusta as variáveis para a cópia
    • M410LIOK – Após o posicionamento dos registros do SC6 (Itens dos pedidos de vendas).
    • MTA410 – Após ter confirmado e validado todo o Pedido de Venda.
    • A410CONS – Na Montagem da EnchoiceBar do Pedido de Venda.
    • A410GVLD – Após a localização do produto na função de conferência dos valores digitados.
    • A410GRDW – Antes da exibição da janela das quantidades de itens de grade no Pedido de Venda
    • MTA410E – Após deletar o registro do SC6 (Itens dos pedidos de vendas).
    • MTA410I – Após gravação do SC6 (Itens dos pedidos de vendas).
    • MA410DEL – Na chamada da Função de Exclusão dos registros no SC5 (Pedidos de vendas). Após deletar o registro no SC5.
    • MTA410T – Após a atualização dos registros no SC5 (Pedidos de vendas)
    • A410BONU – Na Função que trata a regra de bonificação para interface.
    • M410PLNF – Após a Indicação dos valores do cabeçalho
    • M410TIP9 – Na entrada da função de Validação da Condição de Pagamento Tipo 9.
    • A410TAB – Na entrada da função que retorna o preço de lista considerando grade de produtos
    • MTA410BR – Na entrada da função de validação do código do Produto ou o código de Barras
    • MA410COR – Ponto de Entrada para alterar cores do Browse do Cadastro
    • M410FSQL – Filtro SQL na MBrowser
    • CRMBRWVIEW – Ponto entrada para manipulação das views padrão
    • MT410ACE – Ponto de entrada para validar acesso do usuario na funcao
    • M410VIS – Ponto de Entrada para visualizao do pedido de vendas
    • MTA410V – Ponto de Entrada apos visualizao do pedido de vendas
    • M410INIC – Antes da abertura da Tela de Inclusao
    • MT410INC –
    • GEM410PV – Faz a copia da condicao de venda se a mesma tiver uma vinculacao com a condicao de pagamento
    • GCTPEDCPO – Ponto de entrada para substitução dos campos
    • MT410ALT – Finaliza a gravacao dos lancamentos do SIGAPCO
    • MA410LEG – Ponto de Entrada para alterar cores da legenda
    • A410PLAN – Ponto de entrada para verificar se o usuário pode acessar o botão Planilha Financeira
    • A410BPRC – Ponto de entrada para verificar se o usuario pode acessar a formacao
    • A410BPRO –
    • GMMA410BUT
    • MA410MNU – PONTO DE ENTRADA para Incluir chamada de acao relacionada no menu do pedido

    A Six IT é uma Consultoria Totvs Protheus. Trabalhamos com implantações, suporte e melhorias. Entre em contato e saiba mais